Spellbind: um jogo com a mecânica que de longe lembra MMORPG e contém puzzles.

+ Puzzles Variados
+/- Soundtrack
– Muito Backtracing torna o game tedioso
– Gráficos (Personagens, Animações, Cutscene)
– História Inexistente
– Efeitos Sonoros

Não me levem a mal, eu gostaria de dizer mais coisas boas de Spellbind, ainda mais por achar que deve ser o primeiro jogo de um time de desenvolvimento muito pequeno e/ou familiar. Sendo assim, primeiro tenho que elogiar partes da trilha sonora (quando há), a construção do mapa de jogo e as diferentes formas de puzzles encontradas. Os puzzles seriam melhores caso não se arrastassem tanto.

De pontos negativos, temos vários fatores. Muito backtracking em cenários mal acabados ou vazios, movimentação e animação lenta, pouca variedade de inimigos, nenhum sistema de progressão de personagem, efeitos sonoros repetitivos e incômodos (risada do Zé Caveirinha) e principalmente, falta de história ou contexto. Se você não ler a sinopse do jogo na loja Steam, você não saberá do que se trata. Mas caso você venha a ler a sinopse, você ainda não saberá muito dos personagens ou do enredo.

Só resta desejar que esses desenvolvedores consigam se aprimorar num futuro game, aproveitando o público consumidor vai atrás das cartas de “Spellbind”.

Nota Xepa: 3/10

 

negativo Xepagames não recomenda esse jogo! . Confira nossa recomendação no Steam clicando aqui

 

Confira o nosso gameplay:

3.0
Author XepaGames
Published
Views 242

Comments

No Comments

Leave a Reply

Posts Recentes

Brothers

Doom

Cyber Sentinel

Juju

Membros

Comentários